quinta-feira, 31 de março de 2011

DESABAFOS!!!

Olá meninas,

Queria estar me sentindo melhor pra escrever, mas como me comprometi a escrever em todos os momentos da minha vida então aqui vai meu desabafo de hj.
Ontem meus pais tiveram uma briga feia, por causa de bobagens(como sempre). Mas trocaram palavras de ofensas e isso me chateou muito. Senti uma vontade enorme e compulsiva de comer...de chorar. Mas claro que tive que me manter sóbria. Hoje ele acordou e a unica coisa que saiu da boca dele foi: - Não vou mais fazer nada por ninguém. Se precisarem de mim, não estou mais disponível!!!

Vou contar uma história. Meu pai sempre foi um excelente pai de família no quesito responsabilidades. Sempre foi do trabalho pra casa, de casa pro trabalho. Nunca deixou nos faltar nada e sempre procurou nos dar do bom e do melhor. Nunca ficou devendo a ninguém e nem precisou pedir emprestado. E ele sempre achou q isso bastava. No quesito sentimentos ele sempre foi um pai zero: Zero amor, zero presença, zero carinho, zero atenção...Fora que é uma pessoa totalmente materialista, egoísta e outros "istas" que ñ vale a pena nem comentar. Se tiver bom pra ele, então nada mais interessa. É o suficiente.
Tá...Tudo bem que ele não teve uma infância fácil, mas será que vou ter que tratar meus filhos da mesma forma só pq ñ recebi o amor e carinho que precisei??? Concordo com isso ñ...

Desculpa tá falando assim dele. Vcs podem até achar que sou ingrata. Que com certeza ele deve ter dado um duro danado pra que eu estivesse onde estou e tals... Mas pra mim ele não fez mais que sua obrigação de chefe de familia. A escolha foi dele. Então tem que fazer o que manda o figurino.

Ai vc pode me perguntar: Mas porque materialista e egoísta? Bom...Vou só citar aqui alguns exemplos:
Minha mãe tá com problema nos ossos e precisa de tratamento. Ela tá fazendo o tratamento pq a maioria dos  medicamentos foi eu que comprei. O médico dela disse q ela teria q voltar pelo menos uma vez no mês pra que ele avaliasse o progresso do tratamento. Já vão fazer 3 meses que ela não vai ao médico só pq a consulta tem que ser paga pelo meu pai. Quando é ele que precisa de um médico, sem pestanejar ele desembolsa o que for preciso pra resolver seu problema. Basta ele sentir uma dorzinha.
Uma vez eu bati o carro. Nada sério, mas estragou a frente. A primeira coisa que ele fez quando chegou foi ver como o carro tava e se lamentar pelos danos. Nem quis saber se estavamos bem, se alguém tinha se machucado. Ainda levei bronca.
No sábado precisei que ele fosse comigo pra trocar o curativo do dreno, e qual foi minha surpresa que ele disse q só ia a tarde dpois do almoço se eu quisesse. Sabem o que ele tava fazendo na hora? Nada.

Ele briga onde vai com qualquer pessoa. Sempre acha que só ele tem a razão e tá sempre certo. Nos supermercados briga com os caixas. Quando fui me internar pra me operar, brigou com a atendente. Quando ia levar comida pra minha mãe no hospital nem perguntava como eu estava. Quando chegava no apartamento onde fiquei, deitava no sofá, ligava a tv bem alto e mandava agente calar a boca pq ele queria ver tv. 
Agora quando quer sexo, ai fica pianinho. Se transforma. É outra pessoa. Mas basta consumar o ato que tudo volta ao normal. Briga com minha mãe até por causa de uma toalha. 

Pois é minhas amigas. Tô extremamente chateada com essa pessoa que emprestou seu esperma pra que eu nascesse. Sinto falta de um pai...Pq essa pessoa que mora aqui em casa não trata minha mãe com o devido respeito que ela merece. Não trata nem a mim nem a minha irmã como filhas...A unica participação que ele tem em nossas vidas é financeira e ele ainda passa na nossa cara, como se fosse um favor que ele fizesse. Como se agente só conseguisse sobreviver pq ele tem dinheiro e agente tá com ele. Ele não tem amigos, só tem uma irmã que visita ele porque ela precisa que ele empreste dinheiro a ela...Ninguém nos visita. Nem a familia da minha mãe(que são uns amores de pessoas) e nem meus amigos e de minha irmã. Ele implica com todos. É mal educado e tá sempre gritando e resmungando feito zé buscapé. 

Vou parar por aqui señ vou começar a chorar. Queria fazer que nem a Ariana. Bater portas, ficar de mal humor, gritar com cachorro, reclamar...chorar. Mas não posso...Não devo. Tô me recuperando ainda. Não fazem nem 15 dias que me operei e esse sentimento só vai me fazer mal. 

Desculpa amigas, pelo desabafo. Mas eu ia acabar explodindo se não falasse nada. Espero que Deus tire isso do meu coração e que amanhã seja um novo dia. Fiquem com Ele e obrigada pela visita. 



9 comentários:

Ariana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Priscilla Lupatelli disse...

Oi Samanta!
Não se preocupe em desabafar! Esse espaço é seu, vc deve fazer isso sim! Em relação ao seu pai, faça a mesma coisa, pense em vc e sua mão somente! Não vale a pena se lamentar por lgumas pessoas,e sempre demoramos para aprender isso! Fica bem e se cuide, um bj!

Vivi disse...

Jesuissssssssss!! To passada....
Meninas, cada coisa q vcs passam...
Sammy querida.... Eu tenho horror a homem machista. E infelizmente seu pai eh o tipico machista brasileiro q acha q so pq poe dinheiro em casa o resto do mundo tem q rastejar aos pes dele.
Fato: ele ja esta velho, nao vai mudar nunca.
Amiga, continue ajudando a sua mae, disso vc nunca jamais vai se arrepender.
Continue tratando ele bem, um dia, ele vai cair na real, pode ser tarde, mas vai cair sim.
Outra coisa, nada de depressao por causa disso, ele ja fez a vida dele, do q jeito q foi, mas, fez. Agora eh a sua chance, esta mudando o q tanto te incomodou a vida inteira e agora eh bola pra frente.

Eu nao posso reclamar amiga... Eh meu pai q ta aqui cuidando de mim, traz suquinho, pergunta o dia inteiro se eu preciso de alguma coisa, cuida das criancas.... Gloria a Deus por ele!

Forca amiga...
beijo com carinho
Vivi

Michele Lemos disse...

Nossa queria que barra vc esta passando, meu pai também nãp é um dos melhores, me liga pra fica debochando da minha cirurgia e pergntando se eu quero um picanha ou pizza, levo na bricadeira mais no fundo fico chateada com esse tipo de comportamento dele, felizmente nao moro com ele, já no seu caso deve esta muito magoada e chateada,sabe a unica coisa que resolve rezar por ele isso mesmo pois é um alma perdida....Espero que um dia isso passe e ele acorde para ver a filha maravilhosa que ele tem :) viu bjos força e sorte florzinha.

Vivi disse...

mioro, flor?

Dani e Ted disse...

Samy, meu anjo, juntando os caraminguás da sua irmã, da sua mãe e seus já não dá pra comprar a carta de alforria, não?? Eu sei que é seu pai, mas ele não faz vínculo emocional nenhum com vocês...

Pode ser uma idéia precipitada, mas pesa os prós e os contras direitinho...

Querem vir pro Rio? Ajudo a procurar apto e tudo, flor...
Bjo

Ariana disse...

Sa deletei meu comentário pois achei muita exposição,rsrs odeio que me achem coitadinha, não foi o seu caso mais sei que tem pessoas que iam ler e já viu....quando conto ou dou de exemplo minha história com meu pai para pessoas, tem umas que dizem ter dó do que eu passei e não quero isso, apenas acho que tem problemas e problemas para se abalar, fique tranquila tudo se resolve, se vc foi forte para operar, tenho certeza que é forte para superar tudo isso!
bjsss minha amada!

O desabrochar de Uma Rosa disse...

Ola Samanta .. prazer Ana Paula . Querida .. Familia é Familia .. e cada um, tem a sua ... não tem jeito . E pode ter certesa que todos , sem excessão , tem algum problema na sua familia... Mas Deus esta do seu lado .. bola pra frente. Tenho certeza que Deus tem um proposito para voce.Força amada, conheço umas duas pessoas exatamente como o Seu pai e sei que não é facil a convivência. Mas com Fé e Deus no coração vc vai arrumar um jeito de sobreviver...

Borboletinha disse...

Samanta, prazer conhecer vc aqui no blog, sei mais ou menos o que é isso. Eu tb tenho uma familia pouco participativa. Assim todos querem se passar por fracos, como se não mostrasse que eu que n posso ser fraca (risos) sei lá o que é isso. Mas encontro forças em vcs viu, Em vc...Então sei que vc terá em breve respostas pra todas as suas perguntas e vcs não tenham medo de recomeçar. Um cheiro