quinta-feira, 23 de junho de 2011

SOBRE O ENTALO E FOTOS...

Meninas lindas do meu Brasil varonil... Como estamos hoje nesse feriadão?

Só queria esclarecer a parada do entalo. Minha cirurgia não foi com anel. Só entalei com o maldito cuscuz porque tava seco pra dedeu(Rimou...kkkkk). Como cuscuz pelo menos 2 vezes por semana. Fico tão feliz com a preocupação de vocês minhas lindas flores e queridas amigas. Mas só pra esclarecer mesmo. Não tenho problema com nada que como, graças a Deus e também não tenho anel graças a Deus de novo. rsrsrs(Nada contra os médicos e gastrogatas que usam anel, só nunca quis colocar em mim)

Bom gente, hoje decidi abandonar meu caderninho onde anoto todas as minhas refeições. Já tava cansada de ter que ficar anotando tudo e resolvi parar. Sei lá, parece uma bobagem, mas tava me sentindo meio presa a isso. Como se fosse uma obrigação. Pra onde ia levava junto e ficava anotando tudo. Então tá feito.

Hoje feriadão e eu aqui atualizando meu blog. Justo no feriado arranjei tempo pra ficar por aqui. E olha que nem tá chovendo. rsrs. Mas tarde vou a casa da minha amiga e vê se rola um filminho.

Como havia prometido, vamu ver se o blog tá bom hoje pra postar as fotinhas.
Primeiro dos shortinhos:

Achei eles superfofos e ainda mais no meu corpicho. Mais um sonho realizado. ^^

Gente, agora a foto da minha viagem frustrante. Só pra vcs sentirem o drama, vou colocar a foto do mascote da viagem:
 O coitado morrendo de frio. hehe
Esse foi o senário tenebroso do meu domingo. Essa foto foi da hora que cheguei.
Acho que era umas 13:30hs. Muita água, que nem dava pra saber o que era chuva e o que era mar. rsrs

E pra finalizar, fotos do Arraiá da Alegria, que aconteceu no Instituto de Educação e Reabilitação de Cegos, onde minha tia é professora. É uma iniciativa pra arrecadar fundos em pró dos alunos, pra usar na festinha do dia das crianças. Muita coisa gostosa e sorteio de balaio junino, todo revertido pros alunos.
Esse cantando ai é Chiquinho. Canta de tudo, e tem um vozeirão. E esse tecladista ñ lembro do nome, mas também é deficiente visual e toca muito. Não cansava de ver ele tocar. Toca mais que eu que enxergo tão bem. (Também toco teclado. Nunca contei né...rsrsrs)
 Essa ai é a Julia Graciela. Canta muito também e é deficiente.
 Essa foi a hora da quadrilha. A maioria composta por deficientes visuais.
 Chiquinho agora nos teclados. Também deficiente visual.
 Aqui uma participação das mães e professoras na dança do Carimbó.
E minha querida tia tb contagiada pelo carimbó.rsrs
Detalhe que ela também quase ficou cega. Hoje ela enxerga sem óculos, graças a Deus em primeiro lugar e depois a uma cirurgia. Agora ela dedica suas manhãs a ensinar a libra e muitas outras coisas a deficientes visuais. E tudo com muito amor e carinho. Bjus tia. Te amo e admiro muito. ^^
Não tirei nenhuma foto minha porque meu cabelo tava horrível e não tava afim de tirar.(Traumas do passado.rsrs) Falando em cabelo, esqueci de falar sobre a queda de cabelo, mas vou deixar pra outro post.

Bom acho que é isso. Hoje foram muitas fotos. Se der amanhã venho por aqui falar da Unimed(Já resolvido) e da queda de cabelo.  Vou indo que ainda tenho que ir no mercado comprar frutas e verduras.
Fiquem com Deus meus anjinhos. E não deixem de me visitar. Beijosssss com sabor de milho. kkkk


4 comentários:

Angelica Manhães disse...

Lindos seus shortinhos, eu adoro shortinhos assim de elástico. Eu vou deixar pra comparar qdo esquentar um pouco, tá frio danado aqui.
beijocas

Dani disse...

Oi lindona Sammy
Tá sumida hein guria?
Tudo bem?
Ahh as roupas diminuindo..maravilhoso né?
Parabéns!!!!
Imagino o frio aí
hahahaha
Aqui agora são quase 10 da manhã e está 11 graus!
Isso é frio amigaaaa!
Ai ai e preciso sair.
beijo e bom findi
Amei o doguinho!!!!
Os meus estão de roupa e dormindo!

Polly Moura disse...

olá, sou nova nesse "mundo dos blogs" e adorei conhecer a sua história...
quando puder dá uma passadinha pelo meu... bjinhussss

Fabíola Neves disse...

Que pena que choveu na prais!
Mas vc se divertiu na festa junina! Pelo menos isso salvou né?
Força na peruca e vamo que vamo!